Sobre a compra do 3ds max, V-Ray, etc…

Uma das perguntas mais comuns dos alunos diz respeito não a uma ferramenta ou técnica, e sim à aquisição dos softwares usados para fazer maquete eletrônica.

Pessoalmente, eu acho muito legal ver a galera se preocupando em não entrar na pirataria, em permanecer legalizado. Mostra uma evolução no pensamento do brasileiro, saindo daquela história de levar vantagem ou simplesmente achar absurdo pagar por um software (a falta de algo físico a ser comprado dá essa sensação de que o dinheiro foi “por nada”). Por isso, só tenho a agradecer!

Agora, a questão sobre a compra de um software é um negócio complexo. Cada software funciona de um jeito, com diferenças entre comprar lá fora e aqui no Brasil (lembrando que, em teoria, não é possível comprar um software nos EUA e trazê-lo pra cá: é considerado pirataria da mesma forma). Por isso, fiz um apanhado de preços, políticas de licenciamento, etc, para ajudar você que está pensando em adquirir um software legalizado.

Vamos por partes?

Autodesk 3ds max

Captura de tela 2014-10-30 21.05.09

A Autodesk está mudando sua política de licenciamento do 3ds max e dos outros softwares da casa. Já está valendo nos EUA a modalidade Desktop Subscription, que consiste basicamente em o usuário não ser dono do software, apenas alugá-lo. Na imagem acima você pode ver como funciona o modo mensal, com suporte básico, custando ao usuário US$ 185.00 por mês. Pode parecer muito (no dia em que escrevi este post isso dava, mais ou menos, R$ 445,00), mas se pensarmos em custo para quem trabalha com isso, não é. Lembre-se, um profissional ou empresa precisa, sim, arcar com os custos fixos de seu negócio, e a mensalidade do software entra nessa conta. Costumo brincar que devemos encarar isso como um taxista que compra um carro para trabalhar. Sem o software, nada de trabalho. Logo, devemos embutir a compra em nosso custo.

Você ainda pode comprar uma licença vitalícia ou perpétua, que não expira e é sua “de verdade” por US$ 3,675,00 (cerca de R$ 8.850,00), mas essa modalidade será descartada dentro de 2 anos segundo a própria Autodesk.
No Brasil o esquema de pagamento mensal ainda não chegou. Se você tentar comprar no site da Autodesk BR, verá que apenas a licença perpétua está disponível, com a velha modalidade do subscription (taxa paga a mais que garante upgrade e ferramentas exclusivas lançadas ao longo do ano), por R$ 8.084,00. Os preços não batem, é claro, por conta das cargas tributárias diferentes, mas de qualquer forma essa modalidade não deve durar muito.

Pessoalmente, acho interessante essa movimentação em direção ao esquema de “aluguel”. Evita pirataria (ou pelo menos dificulta), garante que você tenha sempre a versão mais moderna do software e permite um planejamento a longo prazo que é muito bom de se ter quando se é uma empresa, seja ela grande ou pequena. O mesmo está acontecendo com outros softs, como veremos a seguir.

Chaos Group V-Ray

O V-Ray, obviamente, não custa o mesmo que o 3ds max, mas isso não significa que ele seja barato. Pelo contrário!

Ao acessar uma loja na América do Norte, é possível comprar uma licença por US$ 1,040,00, ou cerca de R$ 2.500,00. Entretanto, a mesma lógica de venda fora do país funciona aqui, portanto precisamos nos direcionar a uma loja brasileira para efetuar a compra, o que deixa o preço um pouquinho diferente:

Captura de tela 2014-10-30 21.46.43

Como podemos ver, há uma diferença enorme entre os R$ 2.500,00 praticados lá fora contra os R$ 4.500,00 da loja brasileira. É o famoso custo Brasil sendo aplicado, minha gente… Apesar de ele não aparecer no caso da Autodesk (por ela ser uma empresa que tem uma sede brasileira, o que conta muito), aqui ele vem com força.

Existem, ainda no caso do V-Ray, outras licenças como aquelas exclusivas para render (render nodes, por US$ 350.00 cada) e educacional (US$ 103.00), além de uma política diferenciada de upgrades.

O V-Ray também deverá migrar para o sistema de pagamentos mensais ao invés da licença perpétua, mas não há, até o momento, uma previsão concreta de quando isso será a norma. Por enquanto, fica valendo o velho modo de licença vitalícia, portanto se você prefere essa modalidade talvez seja uma boa ideia adquirir sua licença agora.

PS: o pessoal da Chaos é bastante flexível quanto à venda do software. Muitas vezes, é possível conseguir um belo desconto tratando diretamente com eles. #ficaadica

Adobe Photoshop

Captura de tela 2014-10-30 21.55.27

A Adobe foi a grande pioneira no sistema de licenciamento mensal ou pela nuvem, como eles gostam de chamar. A ideia é, novamente, que você simplesmente alugue o software mensalmente por um valor razoável (de verdade!) e saia de vez da pirataria. Somem as “versões” do Photoshop, Premiere e cia, entra a Creative Cloud: uma suite completa sempre atualizada e do tamanho das suas necessidades.

Captura de tela 2014-10-30 22.02.35É, você leu certo. O aluguel do Photoshop + Lightroom sai por módicos R$ 22,00 mensais. Pra quem não trabalha com edição de vídeo, por exemplo, é uma ótima pedida! E se você precisar de toda a suite Adobe, o preço sobe para R$ 109,00/mês, o que ainda não é nenhum bicho de sete cabeças.

As vantagens são enormes, como já comentei aqui, então dá pra dizer que no caso da Adobe é o chamado “no brainer”, ou seja, não tem nem o que pensar. Legalize já! 😛

E os outros?

É claro que existem muitos outros softwares no mercado que têm modalidades e preços que variam bastante (até software gratuito existe!), e novas modalidades estão aparecendo todos os dias, como as do Corona Render, por exemplo. No final, acho que o que estamos testemunhando é a evolução da indústria de software para se adequar à nova realidade pós-internet onde softwares circulam sem controle e, se a pirataria não for combatida de forma inteligente, podem acabar com a indústria.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s